Páginas

domingo, 6 de abril de 2014

Como transformar a sala de aula e trabalhar as competências do século 21?



1 - Mudança de um sistema centralizador para um sistema colaborativo de ensino
O espírito de colaboração é algo a ser aprendido e construído por meio de situações que estimulem e incentivem pensar e agir com base no “ganha-ganha”. O colaborar e o compartilhar estão presentes em todas as situações da vida e, inclusive, nas redes sociais, para nos ajudar a quebrar o paradigma: “Quando um ganha, o outro perde”. Por isso, criar situações que propiciem a colaboração, como o projeto “Compartilhando Habilidades” que está acontecendo no Espaço Educacional, é algo incrível, pois traz resultados inusitados.

2 - Os erros passam a ser um caminho para o acerto e não o determinante entre o sucesso e o fracasso. Acontece que aprender com os erros é uma excelente prática!
Toda tentativa não deixa de ser parte do processo de raciocínio para encontrar uma resposta ao desafio apresentado. E a tentativa mal-sucedida faz parte do caminho do aprendizado e não pode e nem deve ser recriminada ou descartada. Realmente, aprender a lidar com o erro de forma leve e desafiadora, ao mesmo tempo, é uma competência que nos prepara para a vida.

3 - A padronização do ensino é derrubada para dar espaço à personalização
Tudo que é formatado restringe, bloqueia e prejudica o processo de aprendizagem. Cada pessoa tem o seu ritmo e seu estilo e pode descobrir uma maneira produtiva e prazerosa de aprender. O aprendizado é uma construção que depende das habilidades de cada um, da bagagem de conhecimento e de experiências que traz. Por isso, a necessidade da personalização. 

4 - A realidade atual exige competências como o pensamento crítico, a empatia, a comunicação, a liderança e a ética
O desenvolvimento dessas habilidades pede que professor e aluno se tornem parceiros no aprendizado, pois não existe uma situação em que apenas um aprende. Toda troca envolve pessoas, com sua bagagem cognitiva e socioemocional. Daí, a necessidade do desenvolvimento dessas competências que, com certeza, também alavancarão os resultados cognitivos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário